A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Artigo
 
Mudanças a caminho.
Por: Moisés Dias


Pois é....

Estamos, mais uma vez, frente a frente com mudanças na política do país. A presidente foi afastada, assim como os ministros de sua gestão, vão sair e deixar seus postos para formação dos novos ministérios. É claro que uma maioria absoluta torceram, fizeram por onde, aliados aos grupos menores porém com força, através de manifestações, fizeram com que a presidente da república caísse. Resta saber, se esse governo tampão, também conhecido nacionalmente, tem condições e desenvoltura para iniciar uma melhora substancial em nosso país. O Brasil está no pior momento econômico internamente, e muito sem créditos, nos outros países do planeta. Não somos bem vindos na maioria dos países por conta de uma situação caótica que vivemos aqui. Sem falar no tocante ao mosquito mais falado nos últimos tempos. Quisera o novo governante tenha uma equipe capaz de trazer os empregos de volta gerando recursos para que o país volte a crescer. As empresas estão quebrando em cadeia. Os empregos cada dia com menos postos disponíveis ou até zerados. A fome já assusta uma maioria da população enquanto um grande número de famílias já estão na miséria há algum tempo. As bolsas famílias já somam 25% da população brasileira, ou seja, um em cada quatro pessoas está no bolsa família. Uma política que criou um bando de acomodados e que jamais voltaram a ativa apoiados na condição de um aposentado independente dos anos trabalhados ou não. Por outro lado, nosso banco de desenvolvimento social e econômico está como a nossa maior empresa, à deriva. Já não sabemos o que o Brasil tem. Sequer sabemos que o Brasil ainda tem alguma coisa, tendo em vista, os grandes rombos, roubos, corrupção, o toma lá da cá, as comissões de contratos, o ganha ganha. E se ainda analisarmos as obras abandonadas, o patrimônio se deteriorando nos mais diversos canteiros de obras inacabadas. Ou seja, não há caixa que aguenta um acumulo sucessivo de prejuízos. Temos um número absurdo de políticos em todas as esferas do país que nada fazem mas que muito recebem. E, quando fazem, recebem mais ainda. Mas, quem somos nós os eleitores afrontar os eleitos, não é mesmo? Vamos ver no que vai dar. Serão 180 dias para conhecermos as verdades embutidas e escondidas da população. Tomara o país volte a andar, por que nos últimos anos, ele só arrastou, nem engatinhar conseguiu. Sorte ao novo governo e seus comandados. E que possam, mesmo que um passo de cada vez, nos dar a condição de sonharmos e planejarmos o nosso futuro novamente.
Um abraço.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: dMPL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.