A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Conto
 
o amor
Por: Celso Roberto Nadilo

...se o amor é um livro vou queimar pois foi mau editado,
escrito em falso te amor e com declarações bizarras, sorrisos
oh, tristeza imunda depois de tudo um cigarro vai bem
como num bordel uma bebida e uma noite passada,
doce felicidade a noite terminou e a vida continua.
no terror dos corações noites intermináveis,
como desprezo o frio sempre tem suas recompensas
o silencio afio até notar que noite é uma criança levada,
o bordel se torna um lugar de bela companhias,
mais gole e frio passa e tudo que quer escultar
e refrão de uma musica ao fundo,
palavras jogadas fora e ainda a noite nunca tem fim...
falsos poetas e cantores embriagados,
ditares sem países para governas,
num planeta de loucuras ainda tem um fim,
mesmo cansado de tanta lorota dou risada
quando vamos dormir diante tanta propaganda..

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: dEMK (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.