A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Sonetos
 
Meus sonetos e uma viola
Por: Selda Kalil

Meus sonetos e uma viola


Em versos e prosa hospedei meus sonetos
Apresentei sem modéstias minhas emoções
Retificados e lapidados na ponta do lápis
Semeei meus sonhos sem restrições
-------------------------------------------------
Em brilhantes canções, minha viola acompanha
Dentre os mais perfeitos versos da alma
Salpico com veemência a soletrar
Dos meus e dos seus anos a recordar
--------------------------------------------------------
Minha alma sem regras precisas
Contabiliza-se em versos contemporâneos
Num passado, futuro e presente idôneo.
------------------------------------------------------------
A alma é um sentimento automático sem restrições
Nunca nos mandam recados quando bate coração
Simplesmente flui de forma ética, sólida e sincera.

Selda Kalil

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: VUXU (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.