A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
O Homem Palhaço
Por: aline mamede

No palco do circo
sob luzes cintilantes
entra o esperado palhaço…
nariz vermelho, boca desenhada
e na sua máscara de fantasia,
brilha um grande laço colorido
casaco e calça remendada
presa aos suspensórios
da gargalhada, que faz dele
alegre e divertido.
Revira o casaco e faz magia
tirando do bolso um coração,
oferendo às crianças, ilusão,
encantamento e alegria.
No palco do tamanho do seu abraço,
corre, tropeça, brinca e dança
toca seu trompete e canta
uma conhecida balada
para delírio da pequenada
que o aplaude sem cansaço.
Mas eis que o homem palhaço
Tira a mascara cansada
e sem pintura ou fantasia
revela no seu triste olhar,
o choro que engoliu…
e uma lágrima desafia
a dor que iludiu.
No coração, guarda os aplausos,
que preenchem, na sua alma o vazio.
O homem palhaço
Também tem coração que dói.
Também sonha, também sofre… é real.
Sem ser rei ou herói
Será sempre …uma figura intemporal.


Aline Mamede

(Poema editado em livro)

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: YQcO (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.