A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José-Augusto de Carvalho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Cordel
 
QUE VIVA O CORDEL! * Aguarela da Vida
Por: José-Augusto de Carvalho


Nenhum rouxinol cantou
e era noite de luar.
No silêncio que pesou,
só um mocho que agoirou
errâncias de mal andar…

Vem rompendo agora o dia.
Uma brisa sopra branda.
Já há muito a cotovia,
em voos de rebeldia,
p’los ares lavados anda.

A Leste, o céu ruboriza.
É o sol, que sonolento,
devagarinho mal pisa,
em caminhada precisa,
o aclive do firmamento.

Soam passos bem ritmados.
É um jumento novinho
de passos alvoroçados
como se fossem bailados
na solidão do caminho.

Atrás dele, vem ligeira
uma moça camponesa,
rosa ainda na roseira,
olhos negros, tez trigueira,
hino silvestre à Beleza.

Mais além, a passarada
descuidada já chilreia,
ensaiando a revoada,
na alegria deslumbrada
que, terno, o sol encandeia.

Ai, que linda esta aguarela
que tantos recusam ver!
Quando a vida se revela
e ninguém quer dar por ela,
que sentido tem viver?




José-Augusto de Carvalho
Alentejo, 15 de Março de 2017.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FdTV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.