A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
A Chuva
Por: Antonio Carlos Ramos

Hoje quando levantei pela manhã
A chuva lá fora caia sem parar
Olhei para o infinito
Nada além pude enxergar
O sol ardente, e o céu tão bonito
Os meus olhos não puderam alcançar
Assim e o senhor da minha vida
Não o vejo, e sei que aqui comigo ele esta

Olhando um navio em alto mar
Sobre as ondas a emergir
Aos poucos ele vai sumindo aos meus olhos
Mais ele não deixou de existir
Assim e o meu Deus, não posso ver
Mas em meu coração posso sentir
Ele me acompanha o dia inteiro
Zela pelo sono, quando vou dormir

Um novo amanhã me despertou
Trazendo esperanças ao meu coração
A chuva lá fora ainda não parou
Esta molhando a verde relva, e a plantação
Da janela fico olhando a chuva
Caindo e correndo pelo chão
Será mais uma noite sem estrelas
Mais uma aurora de grande realização.

tonyramos

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: QXXK (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.