A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Crônica
 
SANTO PROVISÓRIO (política)
Por: Tolentino e Silva

Pois é. Ontem, quando chegava a casa, me deparei com o carteiro do meu bairro. Nas mãos, trazia algumas correspondências e foi logo dizendo:
- Sr. Tolentino, desde ontem estou tentando te encontrar!
- Qual o problema, meu amigo? Perguntei.
- eu bato no portão, chamo e o senhor não atende. Tentei colocar as correspondências na caixa de correios e não consegui. Parece estar cheia. Tava viajando?
- Não, estava trabalhando. Mas tudo bem. Verei o que está acontecendo.
Agradecendo-me, pegou a magrela e continuou a entrega.
Adentrei, deixei as missivas sobre a mesa e voltei até ao muro. Quando me aproximei da caixa, escutei um zum zum zum danado! O que será isso? Com jeito, abri a caixa e lá estava a resposta: um monte de “santinhos” arrochados naquele minúsculo espaço.
Só faltava essa! Os militantes, pretensos politiquistas do legislativo usaram a caixa de correios, que é de uso privado, para guardarem seus santos! Lugar de santo é no altar! Só que esses tipos de santos desbatizados nenhuma igreja quer! As conversas com parecença de santo são o preparo para o futuro bote. Para demonstrar minha insatisfação com o desvergonhamento dos sujeitos, tomei uma atitude: peguei os capetinhas, digo os “santinhos”, separei por legenda e escureci meia lauda, com o seguinte desaforismo:

Senhor Santo Provisório,

Não é do feitio deste cidadão que vos escreve, negritar papel para esses finalmentes, mas devido ao sem-vergonhismo e mal-educamento de fazer uso das coisas alheias, sem prévia solicitação e posterior consentimento do possuidor do estabelecimento, enfarruscado, venho, por meio desta, cobrar o pagamento do aluguel da caixa, durante o período que a mesma foi usada por V. Sa. O valor será o mesmo que os Correios cobram para uso de Caixa Postal. Depois desse desabafamento da minha parte, tirei cópias, envelopei e remeti a todos os santos (antes da eleição), que usaram minha caixa de correio.
Até agora não recebi respostas, porém os santos não mais quiseram entrar na caixa. Devem ter tido uma cochichada de pé de ouvido e chegado num acordo ou são locatários maus pagadores.

Nota: o nome santinho, atribuído à propaganda de candidatos a cargos eletivos, foi plagiado das mensagens e orações distribuídas pelos padres. No verso de cada mensagem vinha impressa a imagem do santo correspondente.

Atualizado: 12/05/2020



 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FSID (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.