A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

João Euzebio Delgado Ferreira
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poema
 
VENTANIA
Por: João Euzebio Delgado Ferreira

O vento passou
apenas deixou
uma gota na vidraça
como se fosse uma lágrima
escorrendo por ela
sobre a janela
uma flor
que se abriu
seu perfume veio de longe
la onde se esconde
toda minha insensatez
Queria te ver
mas sei que não posso
pois você esta distante
sobre a instante
um velho livro
Poemas quem sabe
lembranças
e saudade
recordações
velhas emoções
voltando do passado
pois ao meu lado
só a solidão
descompasso no peito
assim que me deito
e sinto tuas mãos
sobre meus cabelos brancos
estou perdido agora
pois la fora
só a chuva a cair
sei que vai existir
uma lágrima quem sabe
sou um rio pela metade
querendo desaguar
neste mar de felicidade
mas sei que apenas uma ventania
que passou
e aqui deixou
sua imagem... em mim

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: BIUd (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.