A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
"VOZ DO INCONCIENTE".
Por: Antonio Hugo











“VOZ DO INCONSCIENTE”.

(Poema).





No meu sonho, os sonhos juvenis,



Que me mostrava uma vida distante,



Um acontecimento por vir...



Sonhos que por vezes aconteceram;



Aqueles sonhos férteis, imaginários,



Quase sempre sem dormir...



Pensando de olhos fechados



Às vezes pensando em alguém



Que penetrou no meu peito...



Noutras pensando em ninguém



Só descansando no meu leito;



Uma voz no inconsciente



Que às vezes me dá medo,



Pensava ser voz do alem



Não era voz de ninguém...



Gritos dos meus íntimos segredos;



Meu mundo quieto e deserto



Meus olhos entreabertos...



Meus lábios secos e quietos.



Pensamentos impertinentes



De um pobre jovem inocente



Um adolescente pacato...



Que do amor um aprendiz



Desconhecendo tais fatos.



De tanto apanhar do amor



Este jovem sonhador...



Tornou-se um homem sensato.






Autor: Antonio Hugo.











 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: aKNY (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.