A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Artigo
 
Sexualidade
Por: Salvatore D' Onofrio

Tecendo um pequeno comentário ao texto de Hélio Schwartsman "Ligeiramente grávidas" (Folha, 16/11) sobre pesquisas que informam o número de adolescentes grávidas de zonas pobres de São Paulo ser o dobro do das moças de regiões mais ricas, acho estar certo pensar que a causa mais plausível de gravidez precoce ou indesejada esteja na diferença de condições familiares, culturais e econômicas em que as jovens são criadas.
É preciso ponderar que o prazer sexual é o instinto mais poderoso do ser humano (e do animal, também!) pois está relacionado com a reprodução da espécie, superado apenas pela alimentação, o sustento da vida individual. Já foi cientificamente provado que não há no mundo prazer mais intenso do que o orgasmo provocado pela relação amorosa entre um homem e uma mulher. Mas, evidentemente, o instinto do prazer sexual, como qualquer outra tendência natural de um ser inteligente, deve ser controlado para não causar danos ao indivíduo ou à sociedade. O sábio grego Epicuro (341-270) já dizia: “Tu, que não és senhor do teu amanhã, não adies o momento de gozar o prazer possível". É o "carpe diem" (aproveite o momento) do poeta latino Horácio, seu admirador.
Mas a virtude está no meio termo, na dosagem justa dos prazeres. Como a comida e a bebida, a atividade sexual deveria ser moderada e não proibida, vista como algo vergonhoso ou pecaminoso. Há muita hipocrisia em ensinamentos religiosos que permitem o relacionamento sexual apenas para ter filhos e dentro do casamento entre heterossexuais. A realidade é outra. A gravidez precoce, como outros males provocados por práticas sexuais irresponsáveis (doenças venéreas, incestos, pedofilia, famílias numerosas) está relacionada com ignorância e pobreza. Adolescentes de classe pobre encontram apenas no contato carnal um pouco de prazer na vida, diferentemente de crianças e jovens de famílias abastadas que têm condições de freqüentar escolas que lhes propiciem, além da aprendizagem das disciplinas curriculares, práticas de artes e esportes, que dão vazão ao vigor da juventude. Melhorar o nível educacional e econômico da classe mais pobre seria o meio mais eficiente para reduzir o número de gravidezes indesejadas. O segredo é manter os jovens ocupados em atividades positivas, pois o ócio é o pai de todos os vícios!

--
Salvatore D' Onofrio
Dr. pela USP e Professor Titular pela UNESP
Autor do Dicionário de Cultura Básica (Publit)
Literatura Ocidental e Forma e Sentido do Texto Literário (Ática)
Pensar é preciso e Pesquisando (Editorama)
www.salvatoredonofrio.com.br
http://pt.wikisource.org/wiki/Autor:Salvatore_D%E2%80%99_Onofrio

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: UOgR (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.