A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Matosinho Serafim da Silva
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Conto
 
O DESPREZADO
Por: Matosinho Serafim da Silva

Qual seria o mal que estaria eu fazendo
Ajudando alguém neste mundo
Pedindo socorro sem saber para onde
Querendo o limpo e desprezando o imundo?

Uma pessoa que chora, sofre e não dorme
Nunca pode viver no mundo da maldade
Nem se quer sair pra objetivar seus anseios
Pela vida ambiciosa deslocada na igualdade!

Nunca se sabe por que e quando se delata
Na moradia o desejo de quem não vai
Escrevo linhas sem pequenas importâncias
Assim eu acho, mas o contrário, diz meu pai!

Se algum dia todo bem quero ocupar
E se não cuido dos meus firmes pensamentos
Estou numa área de pequenas proporções
Causando erros e até mesmo no momento!

Eu não te chamo, por que sei que tu não vem
Para os cantinhos do meu lar na moradia
É que tu queres folga pra efetuar cobranças
Dos homens mansos, livres, fortes e sadios!

Numa vida, vários se iludem em desprezo
Quando podem, mas não pedem que lhes ajude
Normalizar o mal, o feio e o desespero
Viver é bom e realmente tu me iludes!

E se tu vives uma vida permanente,
Viver é bom. É adorável, realmente!...


Matosinho Serafim da Silva

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FcYc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.