A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
"DECLAMADO".
Por: Antonio Hugo


“DECLAMANDO”.
(Poesia).



Onde estás que não respondes!
Enquanto eu canto pra lua...
Sei que choras, não sei onde,
Mata-me a saudade tua!

Ouço passos, olho a rua,
Será que de mim se esconde?
Vejo a nuvem, que flutua;
Não me escutas, pois estás longe.

Ah! Amada, Enquanto a chamo,
Meu coração bate forte!
Dilacera e diz que a amo...
E te amarei até a morte!

Outra vez pra lua eu canto
A estrela pisca sorrindo,
Meus olhos se alagam em pranto
Não me escutas estás dormindo.

Autor: Antonio Hugo.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: RdJO (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.