A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
SILÊNCIO
Por: EMANNUEL ISAC

Depois de te amar
Como um louco apaixonado
Sentir seu corpo quente ao meu
Saborear o prazer do seu olhar
O pulsar de sua respiração
Ofegante, rápida, explosiva
O êxtase borbulhar em sua virilha
Cair em meus braços, desfalecida
Lembranças de um passado
Tão presentes agora
Reavivadas nesse novo encontro
Sentidas na desejo da carne
Da alma,
Da vida,
Você desaparece
Revira meu mundo
Planta a dúvida:
- O que fiz?
E eu querendo mais um segundo
Para te fazer feliz
Mas impera a tua voz calada
Meu coração sem saber de nada
E tudo o que me resta
É a esperança do passado
Tornar-se presente
Para que eu possa te encontrar
Mais uma vez
E penetrar em seu corpo
Com a minh'alma
Com meu vigor
Para que você possa gozar
A plenitude do amor
Quero viver novamente esse momento
Basta quebrar
O seu silêncio....

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XccI (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.