A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Coronavirus
 
Roleta russa
Por: Marlene Nascimento

O Brasil é o 2º no ranking de casos confirmados para o novo coronavírus no mundo. Só não conseguirá tomar o indigno lugar do primeiro colocado, que são os Estados Unidos, porque o país americano possui uma média de 120 milhões de habitantes a mais do que o Brasil.

É trágico, é assombroso, é dantesco, mas quase alcançando a marca de 20 mil óbitos, com mais poucos dias chegaremos a 30 mil. Nas próximas semanas passaremos os 1500 óbitos por dia. Infelizmente, já estamos tendo uma carnificina de Covid-19 no nosso belo país e continuaremos a ter por semanas inimagináveis.

O não cumprimento do isolamento social dos que não precisam sair de casa, o não uso de máscara ou usá-la incorretamente, a não proteção dos olhos, o confinamento em família sem tomar os devidos cuidados, tudo somará em tragédia sem precedentes desde a Gripe Asiática. São milhares de pessoas brincando de roleta russa.

Ainda bem que humanos possuem imunidade, aumentada com vacinações, caso contrário a terra volveria à idade das trevas. Embora se diga que os mais atingidos sejam idosos e pessoas com patologias de risco, o número de jovens entre 20 a 40 anos indo à óbito é bastante expressivo, e está intrigando médicos e pesquisadores. Assim sendo, cristaliza-se a letalidade da doença.O alívio é saber que a covid-19 pouco tem agredido crianças e adolescentes, como na Gripe Russa, que matou hum milhão e meio de pessoas, com maior letalidade nessas faixas etárias.

Graças, porque o número de recuperados é bastante expressivo frente às mortes. Muita gente não leva mesmo em conta a importância do isolamento social. Especialistas afirmam que pacientes que sofrem os estertores de uma insuficiência respiratória ocasionada pela grande disseminação de coronavírus nos pulmões, é semelhante a um afogamento, de forma bem lenta. Também o medo da morte iminente que esses pacientes sentem (são muitos os chefes de família, mães com filhos pequenos), acarretará traumas para sempre.

Nota: D. Pedro II, morreu em consequência da Gripe Russa.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: CHPT (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.