A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Geraldo Esteves Sobrinho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poema
 
Lamento
Por: Geraldo Esteves Sobrinho




LAMENTO

Anoiteceu
O que se escondia sob a luz do dia, apareceu
Vejo a lua bela e nua se preparando para vestir um manto de estrelas
Ela radiante, elas fulgurantes
Então a dama de prata
Entoa linda canção
E as estrelas em coro repetem o refrão
A musa dos que versejam
Exalta-se num hino de dor
Admoestando os homens pela falta de Amor
Anoiteceu
Ela exalando magia, elas espalhando encanto
*******
Geraldo Esteves Sobrinho

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: RIbV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.