A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
MORTOS E TORTOS
Por: Guto del Blanco

Mortos e tortos
(Guto del Blanco, Mazza & Gaspar)

E aquele perdido...
sumiço no meio da noite
era só para te alertar
te acordar e dizer
que enquanto você insistia
em justiça às cegas
e
amores mortos
pensamentos tortos
pessoas sórdidas

eu era a benção, a insônia
e luz e sombra que você insistiu em matar
Em troca de

amores mortos
pensamentos tortos
pessoas sórdidas...
então no crepúsculo do dia seguinte
o sepulcro se fechou sobre nosso amor
porque você ainda insistia em
amores mortos
pensamentos tortos
pessoas sórdidas...

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ALeO (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.