A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
A PANDEMIA E O
Por: Marcos Costa Filho

Deus fez o homem
segundo sua imagem e semelhança.
Não só desconfio desta afirmação,
como não lhe tenho confiança,
dado o comportamento, atualmente,
que se vê no animal homem.
Deus, assim é o registro religioso que se tem,
lhe deu o livre arbítrio.
Nisto acho realmente que faz sentido
e embora muitos não honrarem
ponderar o uso de suas forças interiores
e usá-las com o devido brio!
disfraces game of thrones
No difícil momento
em que atravessamos uma terrível pandemia,
mostraram-se distintas
duas subespécies do gênero “Homo sapiens”.
Uma, da qual afloraram tantas coisas boas,
a “Homo sapiens amicus honestus”.
A outra, de onde explodiram coisas ruins,
a “Homo sapiens spertus canalhus”.
Uma, totalmente ao contrário da outra,
incrivelmente, das mesmas origens
e tão antípodas, que difícil é de se acreditar,
que do mesmo tronco nasceria.

Tão depressa, fulminantemente, incontrolável,
o corona vírus foi atacando.
E, cada dia, mais e mais casos novos
foram irremediavelmente ocorrendo,
mais célere do que a capacidade
do sistema de saúde, frágil, poder contê-lo.
Profissionais da área, em todos os escalões,
na incansável luta para detê-lo,
muitos perderam a vida por estarem firmes
no cumprimento do seu dever.
Pelo sacrifício de permanecerem alerta,
horas a fio, em plantões, vieram a morrer.

A situação foi se agravando
e medidas de isolamento foram tomadas,
para evitar que pelo contato se criasse
um campo propício ao agressor.
Mesmo assim, o coronavírus
continuou seu caminho distribuindo terror.
Daí, fatores correlatos a situação
começaram a ter fases multiplicadas.
Foi então, que surgiram daqui e dali,
pessoas, grupos, firmas, filantropias
em pequenas e grandes cadeias
de assistência às fragilizadas minorias.

Mas, em meio a este tormento,
generalizado, surgiu o que estava latente,
por muito tempo, quem sabe,
no fundo do coração de muita gente
e de repente, ativamente se transformou
na mais intensa solidariedade,
chegando o auxílio aos que mais dele
tinham verdadeira necessidade.
Foi um momento revelador de tantas ajudas
e de precisas boas ações, partindo da subespécie
“Homo sapiens amicus honestus”
em grandes proporções.

Do outro lado, a subespécie
“Homo sapiens spertus canalhus”,
em rumo contrário, aproveitou-se do momento
de infortúnio de milhares de necessitados
e se pôs a roubar uma porção de recursos públicos
inteiramente destinados ao combate à pandemia
na compra de equipamentos do aparato hospitalar.
E, não há como se possa admitir que,
a mente desses ladrões possa ficar,
um momento tranquila ao deixar
o atendimento hospitalar de modo precário.

Como pensar que esse tipo de gente
possa ser de Deus a semelhança?
Esta subespécie “spertus canalhus” não pode
ter tal prerrogativa, é inaceitável.
E o pior, é que deles há representantes
em todos os seguimentos da sociedade,
tornando desta forma um lado deste mundo
todo difícil para a humanidade.
Por isso, o livre arbítrio inserido no “Homo sapiens”,
ainda torna a vida possível,
porque são maioria os da subespécie
“amicus honestus” e nos passam esperança!

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: AQJT (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.