A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Demétrio Pereira Sena
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Sonetos
 
FIM DA ESTRADA
Por: Demétrio Pereira Sena

Demétrio Sena - Magé

Uma vida se foi sem ter sido alcançada;
velho mundo que nunca deu sentido ao chão;
horizonte sem brilho, não valeu a estrada,
um olhar desbotado sem qualquer paixão...

A vertigem dos anos foi pura ilusão,
foi um tudo que agora se revela nada,
voei sempre amarrado na minha prisão
e jamais me afastei do rodapé da escada...

O amor ao meu sonho se gastou no mesmo,
de repente percebo que vivi a esmo,
como fauna que nunca se fartou da flora...

Solidão avançou e me fez epicentro,
meu silêncio discursa da boca pra dentro;
a tristeza me cala dos olhos pra fora...

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: aXcg (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.