A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

ANTONIO CARNIATO FILHO
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Sonetos
 
BEM-TE-VI
Por: ANTONIO CARNIATO FILHO





Manhã azulada e fria do mês de abril,
A brisa sopra as ruas roçando o rosto,
Um cantar mágico, insistente, febril,
Repercute mais atrás do muro lá posto.

De repente, grita no arvoredo vizinho,
O som estridente e puro que ouvi,
A ave amarela chegou de mansinho,
Avisando baixinho, bem-te-vi, bem – bem-te-vi.

Sentado e tomando café na mesa,
Ouvia aquela voz macia com surpresa,
Um som maravilhoso - jamais esqueci.

Ave alada, da linda manhã domingueira,
O teu cantar lembra a hora fagueira,
Quando cantavas bem-te-vi, bem-te-vi.


ANTONIO CARNIATO FILHO, 11/04/2019

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: PFEJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.