A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Jornalismo
 
Candidatos e candidatos
Por: Yé Gonçalves

É bastante comum, em tempos eleitorais, depararmos com diversos candidatos ansiosos a um mandato eletivo. Digo “ansiosos” pelo fato de buscarem esse objetivo com demonstração de muita ansiedade; com muita sede ao pote. Sedentos, ofendem os concorrentes, tido por eles como adversários, com acusações, se fundadas, se sabe lá.

O certo é que há candidatos e candidatos. Há aqueles, que trazem consigo a educação de berço; não acusam ninguém; apresentam as suas promessas e os seus projetos em favor da coletividade. Há aqueles que são marinheiros de primeira viagem; cheios de motivação, qual semente lançada no espinheiro. Há, inclusive, os “macacos-velhos”; não colocam a mão em cumbuca e conhece cada galho da árvore frondosa. Há, também, aqueles que todos já conhecem e sabem das trapaças deles e mesmo assim são reeleitos... vá entender!

Vá entender a dinâmica do processo eleitoral e as intenções de muitos cidadãos diante da oportunidade de promover mudanças para melhor, mas não as fazem!

Percebo que, na atualidade, as pessoas estão mais envolvidas com a política e até mais conscientes, opinando com as suas brilhantes ideias. Entretanto, está sendo pública e notória, principalmente através das redes sociais, a existência de um certo fanatismo político, ao estilo “torcida organizada”, o que é muito ruim para o desenvolvimento social, porque as pessoas, muitas das vezes, se polarizam e se cegam e se ensurdecem em relação às opiniões dos opositores, que poderiam ser somadas ou adequadas para uma tomada de decisão mais acertada em favor da coletividade.

Bom! O que mais importa, neste momento, é que no dia 15/11/2020, em pleno domingão, vamos às urnas depositar os nossos votos; expressar os nossos pensamentos e as nossas boas intenções, para que um dia, quem sabe, tenhamos dias melhores, sem corrupção, sem preconceitos, sem acusações infundadas etc; e dias melhores, sem desigualdade social, sem exclusões, com mais educação, com mais segurança, com mais amor e muitas pitadas de humor etc. Quem sabe!

Que, nesta oportunidade, possamos escolher bem os nossos representantes municipais. Para isso, precisamos estudar e pesquisar o currículo de vida de cada um, bem como as suas intenções, as suas promessas e os seus projetos; e, em seguida, tirarmos as próprias conclusões.

Eh! Como já sabemos: “há candidatos e candidatos”.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: dWWK (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.