A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Artigo
 
CONSCIÊNCIA NEGRA
Por: Suely Braga


CONSCIÊNCIA NEGRA

SUELY BRAGA

Muitas pessoas, erroneamente, acham que não se deve celebrar a Consciência Negra e sim a Consciência Humana. Essa ideia, acabou prestando um desserviço à luta contra o racismo e a favor da igualdade racial. Historicamente, a sociedade sustentou-se por meio de uma relação desigual entre as pessoas. São fatores de desigualdade: gênero, cor da pele, sexualidade e condição econômica.
Tradicionalmente, os espaços de poder da sociedade são reservados a homens héteros, brancos e ricos.
No Brasil, a história da Consciência Negra culminou com a criação do Dia Nacional da Consciência Negra, uma data que celebra a luta da população preta em nosso país.
Esta data presta homenagem a Zumbi dos Palmares, que é tido como uma das maiores personalidades representativas da força e da luta da população negra em nosso país. Zumbi liderou por anos o Quilombo dos Palmares e sua morte ocorreu em 20 de novembro de 1695, em combate.
O Dia da Consciência Negra foi criado pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, instituindo o dia 20 de novembro como o Dia Nacional da Consciência Negra.
É um dia voltado para a reflexão sobre o que movimenta a criação da data.
Para unificar o povo preto em torno de sua luta contra séculos de escravidão no Brasil, criaram-se Movimentos para unir a população preta e conscientizá-la de sua cultura, da luta diária das pessoas pretas e do valor de ser preto.
Em 1971, o professor e escritor, pesquisador e militante negro Oliveira Silveira organizou um grupo de estudos e apreciação da cultura e literatura negra, em Porto Alegre com outras pessoas interessadas no assunto.
Nossa Casa de Cultura José do Patrocínio é intitulada Casa de Cultura Oliveira Silveira, em homenagem a este Grande Líder.
Infelizmente, num PAÍS ESCRAVOCRATA COMO O BRASIL, HÁ UM RACISMO ARRAIGADO NAS PESSOAS, QUE É PRECISO SER COMBATIDO DIARIAMENTE.
HÁ UMA DESIGUALDADE ECONÔMICA TAL, QUE FAZ COM QUE A RAÇA AFRO-DESCENDENTE NÃO SEJA VALORIZADA, MAS DESRESPEITADA.
Infelizmente vivemos num país racista e preconceituoso.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: CGWb (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.