A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Coronavirus
 
APELO SUFOCANTE
Por: Afonso e Silva


Apesar de o assunto ser do amplo conhecimento de todos, ainda assim me arvoro a fazer dois apelos, ou melhor, súplicas à população brasileira.

Primeiro rogo às pessoas que se cuidem e temam à morte que ronda cada um de nós durante essa interminável pandemia. Proteja a sua vida e a do próximo. Se puder, só saia de casa em casos emergenciais, pois o coronavírus ronda por todos os lados e sem rumo. Ele pode muito bem, sem nos darmos contas, estar grudado em nossas roupas ou na ponta dos dedos esperando o momento oportuno para passar para nosso organismo e nos contaminar. O vírus não tem qualquer preconceito, seja de raça, cor, poder aquisitivo, religião ou nacionalidade. Ninguém está imune, pelo menos enquanto não for vacinado. Mesmo assim, sei não...

Daí eu peço: se puder evite ao máximo sair de casa. Caso não tenha como esperar a situação amainar, vá, faça o que tem a fazer e volte o mais rápido possível. Mas antes se arme, não com um 38 na cintura, mas com um frasco de álcool em gel no bolso. Coloque uma ou duas máscaras cobrindo o nariz e a boca e só as tire, se necessário trocá-las. Mas faça isso com cuidado e só depois de higienizar as mãos, sempre em lugares seguros e, se possível, ao ar livre sem a proximidade de outras pessoas. Depois de usadas descarta-las em sacola plástica devidamente amarrada, só então joga-la no cesto de lixo. Esses cuidados atualmente são básicos para preservar a vida, pois, infelizmente, mais de 3.000 pessoas estão morrendo por dia nessa embarcação sem timoneiro.

O segundo pedido é em decorrência do primeiro. Ao nos proteger contra o vírus, automaticamente estaremos salvando nossas vidas e, também, de membros do verdadeiro exército de todos os brasileiros. O exército que é especializado, não em matar, mas em morrer no campo de batalha se preciso for, com o intuito de salvar vidas. Esse exército do povo não tem farda, mas uniforme. Não recebe qualquer estrela, mas são banhados pelas luzes de incontáveis estrelas a iluminar suas vidas e seus sonhos. O exército brasileiro tem a cor do céu que é o azul. É composto por essa parte de brasileiros que não dorme. Passa dias e noites ininterruptos a salvar vidas. Nosso exército é composto de pessoas comuns que nem nós mesmos. Ele é composto de colaboradores com a limpeza, recepcionistas, secretárias, auxiliares de laboratórios, técnicos em enfermagem, enfermeiros, motoristas, socorristas, psicólogos, médicos, enfim, por todas as pessoas que se dedicam às atividades de saúde. Nosso verdadeiro exército são os verdadeiros heróis. São essas pessoas engajadas de corpo e alma a salvar vidas dedicando às atividades do SUS ou de hospitais privados.

Em suma, temos que estar cônscios de que, por causa imprudência de muitos de nós que poderíamos ficar quietinhos em casa, estamos saindo por aí nos matando e, em consequência, levando conosco expressivo número de profissionais envolvidos com o salvamento de vidas. Respeitemos e cuidemos do único e verdadeiro presente que eu e você recebemos d’ELE e que é nosso: A VIDA.

Penso que não poderia encerrar esse texto sem antes deixar registrada uma reflexão. Não vou dizer que a pandemia trouxe alguma coisa boa. Contudo, ela evidenciou o quão somos insignificantes, fracos e impotentes. Um vírus que desafia as potências mundiais com todos os seus armamentos inúteis à causa. Seja separadas ou mesmo juntas, mais de um ano já se foi e ainda engatinham à solução da crise instalada. Avanços na verdade já foram conquistados, mas o horizonte ainda é bastante tênue.

Diante disso, o dinheiro até pode ajudar para furar a fila da vacinação como ocorre em Minas, mas os remédios eficazes mesmo, tanto para milionários quanto aos miseráveis são: a empatia, o amor ao próximo, à solidariedade.

Então, mãos à obra: para cuidar do corpo usando máscaras, evitando aglomerações, higienizando as mãos e ficando o máximo possível sem sair de casa. Agora, antes de cuidar do corpo, primordialmente temos que dedicar atenção especial ao espírito, pois o corpo doente ainda pode ter solução, mas quanto ao espírito...

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: JcQY (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.