A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Haroldo Pereira Barboza
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Artigo
 
Subjugação - parte 7
Por: Haroldo Pereira Barboza

SUBJUGAÇÃO - parte 7 - falências controladas

Em 1918 o Brasil também foi afetado pela gripe espanhola. Em condições sanitária bem piores que as atuais, com recursos também bem menores, sendo infectado por dois anos, teve 35000 mortes registradas (naquele tempo não mudavam a causa das mortes com fins de recebimento de cotas por cadáver).

Curiosamente, hoje em dia, com a eficaz evolução da Medicina, uma epidemia muito suspeita, gerada por animais, por “acidente” ou em laboratório, eclodiu no mundo. Claro que o Brasil, por estar sempre nos últimos lugares na tabela de IDH, fica na dependência de ajuda externa para superar problemas de extensão territorial.

Mas o retardo aqui do resgate da normalidade não se resume na aplicação de vacinas contra o covid-19 nem na demora na entrega e análise de seus componentes. Paliativa e corretamente são definidas medidas de distanciamento social, uso de máscara e higiene permanente das mãos e de artefatos cotidianos. Mas o fechamento integral de diversos negócios (*), provocando uma onda ultra elevada de falências e desempregos, aponta para uma artimanha maléfica no sentido de esgarçar por completo a economia nacional, criando enormes glebas de necessitados por migalhas alimentares. Ação que deprime legiões de patriotas, que sob o espectro da fome na família, certamente não estarão em condiçoes de debater sobre defesas de nossa honra e soberania. Desta forma fica fácil arrematar empresas médias por valores 60% menores que seu real valor.
* = (fonte: IBGE - mais de 700.000 empresas)

As fontes nacionais (minérios, água, alimentos) e as áreas turísticas (que não sabemos cuidar) são atrativos polpudos aos gulosos mundiais. Sabendo “amaciar” legisladores e esfacelar as empresas médias, em menos de 15 anos teremos nossa economia dominada pelas filiais dos grandes grupos de abutres. Quando o caos social marginalizar 45% da população economicamente ativa, a galera se curvará diante de seus “salvadores” agradecendo a chance de colocar comida dentro de casa. Varrerão escritórios e cuidarão de estábulos com um sorriso no rosto. Em troca, teremos o domingo livre para assistir BBBB por 4 horas grátis.

Enquanto estamos “distraídos” com a exibição de mortes diárias de covid-19 (ué, as demais enfermidades pararam de matar?), não nos damos conta da venda de centenas de empresas para grupos chineses e similares. Será que o “pico” da enfermidade começará a descer quando os “leilões” sob opressão financeira terminarem?

As lideranças nacionais já foram $ubjugada$ sem a necessidade de nenhuma reação honrada?


A seguir: SUBJUGAÇÃO - parte 8 - guerras lucrativas

HPB - abril/2021 - RJ

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: BMDd (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.