A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
Instância especial para o Mito?
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

Quando alguém está acima do Foro Privilegiado


Certas pessoas têm a convicção de que são especiais e foram escolhidas simplesmente por algum merecimento que foge à compreensão dos mortais comuns. Arvoram-se no direito de se colocar acima dos demais porque acreditam piamente nas suas inquestionáveis qualidades individuais que o destacam da hipocrisia dominante. Para elas, as leis dos homens não têm competência para julgá-los, muito menos enquadrá-las nas normas de civilidade e regras que impõem a tolerância e o respeito mútuo – só podem ser julgadas por algo acima disso tudo.
O Brasil, por ser considerado um país abençoado por Deus, é fértil em casos de autoridades públicas que se autodenominam iluminados por Ele e providencialmente conduzidos ao poder por Sua vontade. Portanto, sua retirada do cargo colocado só pode ser pela determinação de quem o indicou – os eleitores foram apenas um instrumento da Divindade. Será que o fanatismo e o exagero na autoavaliação estão mostrando o lado perigoso quando alguém ultrapassa o limite do que é racionalmente permitido às autoridades? Ou a tirania e a ditadura estão nos rondando?
Mas o cenário que muitos imaginam é que o presidente Mito está cada vez mais acuado por causa do seu comportamento antidemocrático, sua disposição para incitar o ódio e a violência, principalmente contra os seus opositores. Por isso ele declarou que “só Deus me tira da cadeira presidencial”, quando perguntado sobre um processo de impeachment contra ele. Como ter tanta certeza disso? Talvez ele não respeite as Instituições responsáveis por manter o país sob a obediência às regras, normas, leis e outros freios legais impostos a todos. Um autêntico Messias?
Desde as atuações midiáticas da Operação Lava Jato, o brasileiro passou a se interessar pelas decisões jurídicas nos processos que ganharam as manchetes mundo afora. Entre as convergências e divergências, ficaram as opiniões sobre o senso de Justiça quanto a impunidade, parcialidade e seletividade. Mas o lado positivo disso tudo é que a atuação correta sempre desagrada o militante fanático, aquele que coloca o “nós” e o “eles” acima de qualquer investigação séria que cumpra os procedimentos legais. A culpa ou a inocência é uma questão pessoal.
Por que o presidente Bolsonaro estaria atacando o STF? Se mais de 370 mil mortes gerados pela pandemia não justificam uma CPI... Como a população, especialmente os menos privilegiados, saberiam o porquê da perda de seus entes queridos? Qual seria o problema de explicar aos representantes do povo como atuou para combater a pandemia? Certamente ninguém é obrigado a fazer milagres, como ele citou numa declaração, muito menos deve ser cobrado por isso, mas nada poderia ser feito para mitigar uma ameaça comprovada? Se alguém pode dizer...
Quem acredita nas imagens exibidas pelo comportamento do presidente Mito durante a pandemia, defende que ele procurou combater a Covid-19 com a seriedade que merecia? Recusar o uso da máscara, estimular a aglomeração e ironizar o esforço para aquisição de vacina não demonstra que ele queria conscientizar o povo sobre o problema. Por que agora os seus defensores ignoram as atitudes dele nos momentos de rebeldia? Como entender a CPI da Covid como uma forma de prejudicar o seu mandato? O mundo inteiro está errado e o Mito está certo?
Infelizmente quem acreditou que o presidente Bolsonaro governaria obedecendo a Constituição errou feio. Suas atitudes não deixam dúvidas que ele sempre rejeitou a Democracia. Basta rever o que disse sobre eleição, Congresso, STF, pobres, grupos étnicos, milícia e opositores. Seu lema é exercer o poder com armas, violência e intimidação. Não é à toa que ameaçou dar porrada no senador Randolfe Rodrigues, o autor da CPI da Covid contra ele. Para a desilusão dos amantes da liberdade, há milhões de seguidores do imexível Mito. Deus está vendo?


J R Ichihara
18/04/2021

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cEGH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.