A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Crônica
 
O olhar de um poeta
Por: Yé Gonçalves

Quando criança, no antigo ensino primário, ao iniciar as primeiras leituras poéticas, quase sempre eu me perguntava:
- Como será o olhar de um poeta?

Ou seja: - Como um poeta vê o mundo? Como ele percebe a realidade? O que é mesmo estar vendo o cotidiano através de uma lente poética?

O tempo passou e eu nem me dava conta dessas questões, quando eu já me tornara funcionário público e envolvido com as obrigações rotineiras que me ocupavam quase todo o tempo. Até que um dia fui pego de surpresa, ao ser interrogado por um colega de trabalho:

- Me responda uma coisa! Como um poeta vê a realidade do mundo? Entendo que não deve ser igual a nós outros, não? Ele deve ter uma lente diferente, não é mesmo?

Subitamente, lembrei dos meus primeiros estudos sobre poesia e os poetas, lá no primário, e nada respondi. Apenas peguei um pedaço de papel e uma caneta. Abri a janela e olhando para o movimento da rua, recomecei a escrever, proseando pelos versos do cotidiano, e não mais parei.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZTDE (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.