A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José Arthur de Oliveira
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Artigo
 
E OS ELEMENTAIS, EXISTEM?
Por: José Arthur de Oliveira

SOB A PERSPECTIVA ESPÍRITA O QUE PARECIA FICÇÃO ERA REALIDADE E O QUE ULTRAPASSAVA OS LIMITES DA RAZÃO NÃO PASSAVA DE FICÇÃO.

O presente texto tenta explicar a razão pela qual o Espiritismo kardecista não endossa a tese da existência dos Elementais, da Teosofia de Madame Blavatsky.

O homem em seus diversos grupamentos sociais desenvolve aspirações e conceitos que os une em torno de determinados atavismos (hereditariedade biológica de características psicológicas, intelectuais, comportamentais) em que a falta de formação racional-científica contribui e reforça conceitos mitológicos e psico-religiosos.

Um exemplo é o desejo subconsciente da visita de avançadas civilizações cósmicas que nos propiciarão avanços em todas as áreas da ciência, da economia e promoverão a paz entre as nações.
Isto não está nos desígnios divinos pela mesma razão que os espíritos puros e perfeitos não nos trazem o conhecimento de que carecemos para tornar a Terra um mundo aprazível, sem as guerras, sem a miséria e as doenças.

Noutro caso, o receio de que, por ganância, o homem promova a extinção dos recursos da natureza, induziu ao sonho mitológico da existência de seres extraordinários, invisíveis, que vigiam, protegem e estimulam a vida no reino vegetal e animal.

De fato, tais seres existem; são os espíritos encarregados por Deus de atuarem em situações específicas promovendo ou evitando cataclismos que interfiram com seus desígnios.

As leis da natureza, que são peculiares a cada região do planeta, função de sua latitude geográfica, obedecem às condições específicas que definem os fenômenos meteorológicos sob a influência, principalmente, da pressão e da temperatura, que formam os ventos e as chuvas.
Tais leis da Física que existem desde a formação da Terra foram criadas sob a supervisão do Cristo e presidem os fenômenos da natureza sob a orientação dos espíritos altamente especializados na função.

Além disto, temos criaturas microscópicas que sob certas circunstâncias e em grande número alteram o ambiente e seus recursos naturais, físicos e químicos. Seres estes denominados e classificados como COLÔNIAS, vegetais e animais.
Os cnidários (corais) as algas e bactérias formam tais colônias, como também as abelhas, os cupins e formigas que sob a orientação dos Espíritos beneficiam o homem e alteram as condições do meio em que ele vive e trabalha, visando o progresso e a organização das coletividades humanas.
Estes são os Elementais da Teosofia, abordados no capítulo “Influência dos Espíritos na Natureza” – questões 536 a 540.

A Doutrina Espírita caracteriza-se pela racionalidade de suas proposições e assim, desde seu surgimento conquistou a simpatia de grande número de cientistas e personalidades relevantes da literatura, da filosofia e das artes em geral.
Por esta razão Kardec evitou mencionar aspectos e detalhes da dinâmica que prevalecia nos ambientes espirituais, tais como veículos para o transporte coletivo, fábricas, edificações, etc.
Mas estes conceitos eram previsíveis no desdobramento das informações que gradualmente estabeleciam as normas de conduta entre as comunidades espirituais.

Sempre debateremos sob a influência das opiniões repletas de originalidade e com a interpretação tendenciosa de alguns textos na literatura espírita.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: GITd (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.