A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Crônica
 
Fura-filas
Por: Yé Gonçalves

Hoje, pela manhã, precisamente às 07h45min de 30/06/2021, quarta-feira bastante ensolarada, deparei com um engarrafamento no trânsito, em uma via de mão única, em virtude de um acidente (colisão) entre dois veículos. Imaginem o sufoco que passamos!

Muito mais do que uma crítica, façamos deste momento uma oportunidade para a reflexão sobre os tão falados “fura-filas” nos dias atuais.

Pelo que parece, no tocante aos “fura-filas” da vacina contra a covid-19, os casos já estão sendo contornados. Bom! Ao meu humilde conhecimento, parece que sim. Hahaha... Mas, em relação ao trânsito, o que mais presenciei hoje, no engarrafamento, foram as espertezas dos “fura-filas” no trânsito, o que provocavam tumultos e buzinações. Uma verdadeira poluição psicosférica e alterações dos tímpanos normais. Um ataque à saúde mental. Um deus-nos-acuda. Ufa!

Então, passei, ao som de uma boa música, a refletir sobre os problemas que a humanidade ainda enfrenta diante e no meio das filas. Uma neurose de arrancar os cabelos. Parece uma coisa de doido. Uma coisa doída mesmo. (Nada contra os doidos. Pelo amor de Deus! Pra mim, tudo normal.)

É na fila dos supermercados. Coitada da moça do caixa! Ter que somar os preços de cada item; receber e contar cédulas; dar o troco; passar o cartão de crédito ou de débito, e quando a internet sai do ar, vixi; o cliente esquece a senha; passa o cartão de novo; ah, meu Deus! E o pior: muitas das vezes, ela mesma é que empacota os produtos, enquanto o povo da fila se encontra com os nervos à flor da pele. Eita, missão difícil a de caixa de supermercado!

Por aí vão as filas de banco; as filas dos churros; as filas do sorvete; as filas do SUS; as filas da perícia no INSS etc... As filas quilométricas dos banheiros então... no intervalo de um espetáculo. Hummm... Não quero nem lembrar. Hahaha...

Assim, a vida segue e, com ela, as filas perseguem a humanidade. No meu caso, prefiro entendê-las e compreendê-las, como umas das oportunidades de aprendizagem moral e crescimento espiritual. Até mesmo conversar com elas, a ponto de me encantar com elas. Ainda bem que elas existem. Mas, quanto aos “fura-filas”?

Eh! Pode ser que eu esteja certo quanto aos casos dos “fura-filas” da vacina em voga, se já estão contornados. No entanto, no tocante ao trânsito e a muitas modalidades da vida, os “fura-filas” parecem que, por muito tempo, estarão a todo o vapor. Ufa!

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: NHRN (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.