A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Artigo
 
Repercussão pós-Dia da Independência do Brasil
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

De qual liberdade estão reclamando?

Quem esperava um estardalhaço nas manifestações de apoio ao presidente da República, seguido de atos de violência e danos aos patrimônios públicos e privado, viu que nada disso aconteceu. Se houve algum caso em que os ânimos estiveram mais exaltados a mídia não mostrou com muita ênfase. Parecia que as aglomerações estavam mais para movimentos eleitorais que para exigir respeito à liberdade de expressão, o motivo principal desta convocação pelo governo federal. Quanto ao restante do apoio não fica muito claro do que se trata, mas isso não importa.
No discurso para os seus apoiadores, o presidente da República disse que o ministro Luiz Fux, presidente do STF, tem que enquadrar os seus pares ou sofrerá as consequências. Usou as imagens nas manifestações em seu apoio, dizendo que isso é um ultimato para todos que estão nos Três Poderes. Será que as contra ele não valem? Num discurso mais inflamado, em São Paulo, repetiu as frases “só Deus me tira de Brasília” e “só saio preso, morto ou com vitória. Direi aos canalhas que eu nunca serei preso”. Que bela comemoração do Dia da Independência!
A resposta do STF veio no dia seguinte (08/09/21). O presidente Luiz Fux fez um discurso citando que desrespeitar decisão judicial é crime de responsabilidade e que ninguém fechará esta Instituição. No discurso a apoiadores neste 7 de setembro, o presidente Bolsonaro disse que não iria cumprir eventuais decisões judiciais do ministro do STF Alexandre de Moraes. O que não falta é lenha nesta fogueira para manter a chama bem alimentada. Chefes de Legislativo também se pronunciaram sobre este enfrentamento, mas ambos tentaram apaziguar a situação delicada.
O clima tumultuado reflete em outras áreas consideradas vitais para esta gestão federal como a economia, a política e a saúde que ainda não se livrou da pandemia da Covid-19. Mas por que criar outro problema, agora institucional, quando temos prioridades na ordem do dia? Se isso resolvesse o aumento da inflação e a queda do dólar ainda vá lá, mas tudo continua sem uma solução ou pelo menos um rumo confiável traçado. Por isso alguns críticos deste governo afirmam que tudo é proposital, uma forma de desviar a atenção da total incompetência generalizada.
Quantos entenderam o porquê de os caminhoneiros fecharem algumas rodovias no país, como apoio ao presidente da República? Os problemas que os afetam como a alta contínua nos preços dos combustíveis dependem somente dos governadores? Adianta exibir cartazes dizendo “PT nunca mais”? Para quem não se lembra, este partido saiu do poder em 31/08/16, quando a ex-presidente Dilma Rousseff sofreu o impeachment, mas estava afastada do cargo desde fevereiro do mesmo ano. Por que continua sendo responsável pelos problemas atuais?
Gostaria de ouvir de alguém deste governo, como o superministro Paulo Guedes, quais impedimentos o STF coloca para que o país saia dessa crise que nos castiga. Confesso que não entendo o porquê de tanta pendenga com o Judiciário, se o Mito tem todo o apoio do Congresso, das Forças Armadas, das entidades representantes das empresas e dos seguidores incondicionais que o aplaudem a cada ataque contra a mídia. Quais obstáculos os estrangeiros encontram para não colocarem os seus investimentos aqui? Se o Brasil é estável e muito seguro... Por que?
Os que gostam de apostar nas próximas encrencas do nosso presidente da República têm alguns alvos em mente. Voltar a criticar as urnas eletrônicas? Talvez mais próximo das eleições de 2022. Insistir na hidroxicloroquina e abolir as medidas preventivas não farmacológicas? Vale a pena... até o ministro da Saúde Marcelo Queiroga já apareceu sem máscara em público. Fazer acusações contra a China ou cutucar os presidentes dos países vizinhos do nosso Continente? Sempre ganha os holofotes da mídia. Mostrar que o Lula é ladrão? Isso rende bons dividendos!
Infelizmente os que apoiam este presidente da República não têm justificativas quando questionados. A ausência de corrupção não se sustenta mais diante das denúncias sobre as aquisições de vacinas contra a Covid-19. O zelo deste governo com a transparência sumiu depois das interferências na Polícia Federal para bloquear as investigações sobre os seus filhos. A quebra da harmonia entre os Poderes veio com os ataques planaltinos contra o STF. O limite das 4 linhas da Constituição se apagou com o uso indevido das Forças Armadas. Mas fanatismo é isso mesmo!

J R Ichihara
09/09/2021

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: CeGV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.