A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Demétrio Pereira Sena
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poema
 
POEMA CURANDEIRO
Por: Demétrio Pereira Sena

Demétrio Sena - Magé

Desaguamos no tempo em que amar é pecado
e que o próximo é trunfo guardado manga;
só a canga, o cajado, qualquer força bruta
regem como se vive de ambos os lados...
É preciso coragem, força interior,
pra não ser o rebanho nem o seu berrante,
mas fazer deste amor ao que é libertário,
um levante sem armas nem gritos de guerra...
Eu não quero ser líder, só modesto arauto
que anuncia bem alto a profissão de paz,
leva sonhos nos dentes e versos nos olhos...
Venceremos a força da mágoa e do medo,
porque temos o mapa da nossa ferida;
só nos falta saber com que dedo a curamos...

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FLVe (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.