A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
GUARAMIRANGA
Por: OdionMonte

O tempo pode passar, mas amor nunca passará.
Por um amor de verde o coração sempre vai sangrar
Lembranças de Guaramiranga eternamente ficará
Meu coração quando lembra, os olhos chega a lagrimejar

O Boto sai da Amazônia, e a sereia sai do mar.
Para em Guaramiranga um grande amor eternizar
Subindo uma das serras do Estado do Ceará
O Boto e a sereia por sete dias foram se amar...

Um Oasis no meio do Ceará, serras e lindas cascatas.
Flores imensas, noites enluaradas, na Suíça do Ceará.
O Boto e a sereia degustando um vinho prestes a embriagar
Braços entrelaçados, lábios colados, amor exala pelo ar...

Há Guaramiranga! Como é bom teu nome chamar
O tempo nunca vai apagar o amor do Boto com a sereia do mar
Chora o Boto, também chora a sereia, corações a sangrar.
O que Guaramiranga uniu, palavras sem palavras fez separar...

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: BAQL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.