A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Sonetos
 
LISBOA ETERNA
Por: Milton Menezes

de uma vida antiga que te conhecia
sei tanto quanto devo ter-te amado
pois na lembrança me terão ficado
alegres imagens de um passado dia

revelando odores de alameda e via
miragens do oceano de lado a lado
por tuas colinas senti-me abraçado
e como assim suave era tua maresia

recordo mesmo de mouros guerreiros
do Tejo ali abaixo e o mar todo à proa
foram-se os séculos e séculos inteiros

ah! e que linda eras minha jovem Lisboa
mesmo te imaginando entre os nevoeiros
aspiro esta brisa que na alma me entoa

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: IVYJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.