A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Artigo
 
Para pensar
Por: Ivone Boechat



Não comemoramos o Natal para encher a pança, para receber ou dar presentes nem para enfeitar a casa com bolinhas e árvores coloridas. Existe algo muitíssimo superior sobre a proposta de se marcar no calendário um dia para a reflexão sobre a Paz e o exercícios de ações positivas em família e nas comunidades. Mas que mal existe se alguém enfeitar tudo?
Jesus é o Príncipe da Paz.
O dia que Ele nasceu não sabemos. Dia 25 de dezembro é uma tradição cristã e respeitamos, porque as pessoas do bem interagem todo gesto ou contribuição em favor da comunhão.
É uma hipocrisia ficar apontando a fome, a pobreza, a carência como impedimento para o encontro que o Natal propõe.
Jesus estava numa festa e lá estava também o "puritano" Judas. Evidentemente, começou a criticar igualzinho como hoje: "A gente aqui comendo e bebendo com tanto pobre lá fora".
Levou a resposta merecida:
"Quanto aos pobres, sempre os tendes ao vosso lado, e os podeis ajudar todas as vezes que o desejardes, todavia a mim nem sempre me tereis."
Isto significa que os que mais criticam nem sempre ajudam aos outros como deveriam, e nem sempre têm dado a Jesus a devida importância pelo menos uma vez por ano.

Ivone Boechat

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: WHVK (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.