A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

João Márcio F. Cruz
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Ensaio
 
O PERDÃO NÃO É O OBJETIVO DA ANÁLISE
Por: João Márcio F. Cruz



O PERDÃO NÃO É O OBJETIVO DA ANÁLISE
.
- perdoe seu esposo
- tente perdoar seu pai
- procure perdoar sua mãe
- seu filho merece seu perdão
Etc...
.
Esse "conselho" é repetido, TODOS OS DIAS, em algum divã ou consultório psicológico
.
O paciente sente-se JULGADO, COBRADO, EM PECADO POR "SENTIR" MÁGOA...
.
E diante dele, parece estar um sacerdote disfarçado de psic.. com "mantras perversos" de positividade tóxica
.
"Tentar ser bom" pode até piorar seu quadro psíquico..."
.
A religião cumpre seu papel mas quando a pessoa, com machucados e feridos, procura um psicologo em vez de um padre, ela está buscando ALGO ALÉM DO MORALISMO
.
PENSEM NISSO
"A OBRIGAÇÃO DE PERDOAR NEUROTIZA E PODE LEVAR O PACIENTE A SURTOS PORQUE GERA CULPAS DESNECESSÁRIAS E EXIGÊNCIAS PERVERSAS"
.
Tudo que alguns precisam é sentir sua dor sem o medo de ser castigado"
(João Márcio)
Lições do divã

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: HNZN (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.