A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
AS ALGEMAS
Por: OdionMonte

Um toque em meu ombro, olhei atrás
Quase me assustou, forte me olhou
Brincadeiras aparte, me arrepiou...
Falou-me sem contenda, o não pagar
É problema, sem pensar de boto algemas
Te prendo comigo, espero que entenda...
Entender eu entendi, algemas esperei
Saindo de mansinho os braços quase atirei
Para ser algemada. por um tempo esperei...
Nada de algemas, nada de ação completa
No ponto de parada tenho que retornar
Para que meu carrasco possa me algemar
Onde e de que forma vai ter que me realizar...

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: OIaU (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.