A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
AO MENOS POR UM MOMENTO
Por: Vilma Oliveira



Entrego-te nas mãos do paraíso
Da primavera a te cobrir com flores...
Nos braços da esperança as minhas dores
No colo da saudade o meu sorriso
Prateado de mistérios os meus segredos
Doirado de emoções nossos prazeres!

Entrego-te as estrelas bruxuleantes
Ao luar nas noites serenadas...
No despertar das nossas madrugadas
Na aurora cálida do teu semblante
As minhas ilusões pálidas de cansaço
O meu olhar ao longe adormecido!

Entrego-te a confissão das nossas Almas
Ventura que trago presa ao coração...
A cada amanhecer renasce a solidão
Exílio que dilacera só o peito suporta!
Vem em pensamento nos meus braços
Que eu possa te acariciar ternamente!

Quisera possuir-te em completa harmonia
Alguma coisa em ti me pertence, eu sei!
Em mim, algumas horas de eterno eu te dei,
O lado Espiritual de nosso amor em poesia
Foi tudo que conquistei nesse viver lancinante,
De vãs quimeras. Se ao menos por um momento...
Eu pudesse ouvir o fio da tua doce voz!

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: YBKa (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.