A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
PASSO A PASSO
Por: OdionMonte

Aos poucos, a passo de tartaruga
Deslisamo caminhando caminhos
Alargados, longos e curtos, fininho
Sem busula na mão, perdidinhos...
O novo mundo é moderado, moderno
O enfame da nova tecnologia sombria
Deixam os novos país em plena agonia
A juventude nova é morta e vazia...
Pia piando em travessia, é anarquista
Vândalo ou anarquistas sem controlar
Desorganizados querendo se encontrar
A juventude é como boneco de marionete...
Se deixam levar,.como os ratinhos da flauta
Caminhando para o penhasco se atirar
Sem ter um braço amigo, vão despencar
Desejo desejando, sem querer querendo
A paz e harmonia, sem contrato sem caneta
Não vive, sem viver, não chorar, sem sorrir



 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: DIeN (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.