A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Maria Iliana Schiavinato
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poema
 
SOLIDÃO INJUSTIFICADA
Por: Maria Iliana Schiavinato


Acordei angustiada, sentindo falta de não sei quê,
nada tem cor, nem sabor.
As cores lá fora me parecem em tons monocromáticos.
Sinto vontade de chorar,
de ter com quem desabafar.
Preciso de um amigo.
Alguém que sente comigo em qualquer lugar,
que me ouça e que se faça ouvir.
Que troque confidencias comigo,
que me faça rir ou que me deixe chorar.

Não tenho ninguém,
me sinto orfã do mundo,
me sinto só,
absolutamente só.
Não tenho para onde ir,
não sei para que lado olhar,
então eu leio!
Leio tudo o que me aparece pela frente,
até propaganda de supermercardo,
só pra me sentir integrada, viva,consolada.

Não sei se essa solidão é o que me angustia
ou é a inércia dos meus dias que eu mesma construí
com base nos medos ou na preguiça de tentar algo novo,
que tanto me ferem e me revoltam.

Poderia ao menos andar em círculos para justificar uma atitude,
mas fico aqui parada,
a espera do nada,
remoendo minha sina,
como se isso bastasse para me tornar uma mártir,
ou quem sabe uma heroína,
ainda que sem causa.
Maria Iliana Schiavinato

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: KRIa (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.