A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
DEIXA-TE AMAR
Por: Geovana Jacinto



Deixa-me degustar a tua boca
Sentir o gosto que me deixa louca,
Espraiar-me no seu coração
Para fazer o coro da nossa canção,

Ai deixa-te amar
Deixa-me sentir o calor do seu corpo,
Provar seu beijo
Saciar seu ensejo
E satisfazer o seu desejo

Ai deixa-te amar
Daquela forma doida
Sentir o meu corpo no seu e
Descansar no teu colo
Tu chamas-me de Lade e eu a ti de Babe

Deixa-te amar
Faça-me esquecer das horas
Desliga-me dos deveres
E me dê o direito de te amar
Lambuzar-me no seu profundo mar do amor

Deixa-te amar

Deixa-me comer-te com os olhos
p´ra na hora "H"
A gente delirar com prazer
Fazer aquilo que só a gente sabe fazer,
E sentir o seu gemido
Um, há, ho!

Deixa-me sentir que sou toda sua,
Sentir a sua mão abusada serpenteando-me o corpo
E tocando-me aonde mais
Ninguém pode tocar

Deixa-te amar

Para sonhar
Esquecer o mar de lagrimas que cairam de saudade,
Pedir-te e querendo sempre mais

E te amando cada vez mais.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: DWQX (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.