A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Crônica
 
LOUCOS POR DINHEIRO
Por: Geovana Jacinto


O tão lindo chamado dinheiro transmite uma doença contagiosa que chega a ser incurável a maldita necessidade eloquente crescente epidemia, esta que chega a atingir da 1.ª á 3.ª idade.

Diante das necessidades, crianças, jovens e adultos vão chegando ao extremo cansados dos dias de tristezas, solidão e até mesmo atingindo a frustração. Turbulências estas que deprimem o homem e faz com que perca o brilho no olhar, a esperança no amanhã e insatisfação de um futuro prometedor; o enganador vicioso dinheiro chegando a destruir vidas pelo desejo de obtê-lo de maneira facílima, contínua fazendo a maior percentagem do dia-a-dia da humanidade.

Desta forma o desejo de sobreexceder e, ou possuir o quão belo papel decorado denominadamente “dinheiro” faz com que o homem esqueça-se de viver, tornando-se um escravo para a economia insatisfatória do seu egocentrismo e consequentemente a exaustiva tentativa de serem ricos; chegando a cegar o homem fazendo-o esquecer que não se ganha tudo num dia e que as grandes conquistas da vida só são somadas depois de longos anos.

Assim sendo a gloriosamente companhia ideal do homem fazendo-se soar sempre aquela frase “sem dinheiro não há vida”, faz com que ricos fiquem doidos por dinheiro, pobres atrás de dinheiro, desempregados sonhando com dinheiro e todos querendo dinheiro.

Até quando o homem irá viver correndo atrás da arte criada por ele?
Até quando serás tu ó dinheiro o causador de tanta desavença na humanidade?




 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: QYZT (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.