A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
PETROBRÁS : “CAIXA UM” DA EMPRESA FINANCIARIA CAMPANHA DE DILMA ROUSSEF ???
Por: Antuérpio Pettersen Filho

PETROBRÁS : “CAIXA UM” DA EMPRESA FINANCIARIA CAMPANHA DE DILMA ROUSSEF ???

Por : Pettersen Filho

Esse negócio de Eleição, embora a Democracia no Brasil seja um exercício relativamente novo, após cerca de vinte anos de obscuridade, com a Ditadura de 1964, não é novidade.
Pelo menos, não, a anunciada Eleição de 2010, que visa suceder Luis Inácio Lula da Silva, após seus oito anos, de dois mandatos políticos, quem quer, logicamente, fazer o seu sucessor.
Essa é a interpretação que podemos, minimamente, obter na simples leitura da Ata da Assembléia Ordinária da Petróleo Brasileiro SA, que circula na Internet, supostamente realizada, ainda, em 08 de Abril de 2009, portanto, há cerca de um ano atrás, quando o assunto: Eleição era apenas um burburinho distante...
Contudo, a constatação do seu teor, “Oficial”, causa ao observador mais distante, pelo menos, repugnação política.
É que a Assembléia, realizada às 15 horas do dia 8 de abril de 2009, na sua sede social, na cidade do Rio de Janeiro,RJ, na Avenida República do Chile, no 65., tendo à Mesa, como Presidente, ninguém menos do que o próprio Presidente da Empresa, o Dr. José Sérgio Gabrielli de Azevedo, dispôs, na “Ordem do Dia”, como principal tema, entre outros assuntos, a Eleição do Conselho Administrativo da Companhia, a quem, cabe, logicamente, deliberar os destinos da Empresa, quais sejam, investimentos, políticas e outros mais, essenciais ao seu Norte Econômico, justamente, da Maior Estatal Brasileira, cujas cifras causam inveja a muitas das Repúblicas da América Latina, quiçá, em alguns Principados da Europa, maiores do que o PIB de muitos paises, Planeta a fora.
Daí, há um ano atrás, a sua primazia...
Salta, assim, portanto, aos olhos do mais distraído observador, ademais, o “Valor” deliberado naquela Assembléia, justamente o destinado, a título de Remuneração, aos Conselheiros, honoráveis Membros do Conselho Administrativo, que tem por cunho representar, junto a Empresa, os setores estratégicos da sua Gestão, e por que não dizer, da Sociedade Civil, como Patrimônio Público, que é, a quem reservou-se, na Assembléia, por meio da Fixação da “Remuneração” aos seus administradores, inclusive a sua participação nos lucros, na forma dos artigos 41 e 56 do Estatuto Social, bem como dos membros titulares do Conselho Fiscal, .conforme o redigido na tal “Ata”, a Bagatela de R$ R$8.266.600,00 (oito milhões, duzentos e sessenta e seis mil e seiscentos reais), no período compreendido entre abril de 2009 e março de 2010.
Tal valor, remuneratório, à grosso modo, “Salário”, R$ R$8.266.600,00 (oito milhões, duzentos e sessenta e seis mil e seiscentos reais), no período compreendido entre abril de 2009 e março de 2010, diriam eventualmente, os pudicos, não seria, assim, tão exorbitante, fossem eles destinados à Empregados Efetivos, de dedicação cativa e exclusiva, mas tal pensamento, entretanto, cai por terra, ao percebermos a qualificação e atribuições dos tais “Conselheiros”, muitos deles pessoas estranhas ao assunto: “Petróleo”, sendo Políticos, Empresários, Lobistas e Sindicalistas, no mais das vezes, distantes dos Objetivos da Empresa, e do próprio setor estratégico da Companhia: Petróleo Brasileiro SA., à quem, devem servir, no Oficio de Conselheiros, em modestas reuniões, meramente protocolares, duas ou três vezes, ao ano, afora suas atividades de origem.
Então, vejamos quem são os Digníssimos Conselheiros, conforme a Ata:
“Item IV: Foram reeleitos como membros do Conselho de Administração da Companhia, na forma do voto da União, com mandato de 1 (um) ano, permitida a reeleição, a Senhora Dilma Vana Rousseff, brasileira,natural da cidade de Belo Horizonte (MG), divorciada e economista e os Senhores Guido Mantega, brasileiro, natural de Gênova, Itália, casado e economista; Silas Rondeau Cavalcante Silva, brasileiro, natural da cidade de Barra da Corda (MA), casado e engenheiro; José Sergio Gabrielli de Azevedo, brasileiro, natural da cidade de Salvador (BA), divorciado e economista; Francisco Roberto de Albuquerque, brasileiro, natural da cidade de São Paulo, casado e General de Exército Reformado; e Luciano Galvão Coutinho, brasileiro, natural da cidade de Recife (PE), divorciado e economista”, entre outros.
Ora, tal Lista, logicamente, dispensa comentários...
Assemelha-se, ao mais Fransiscano dos observadores, se não caridade samaritana entre Companheiros, em tempos eleitorais, à mais deslavada “Verba de Campanha”, recursos partidários, com finalidade, provavelmente, inconfessável, afinal, como podem Destacados Ministros do Governo Lula, a Senhora Dilma Vana Roussef – Presidente do Conselho e Ministra, além de Candidata a Sucessão, o Sr, Guido Mantega, também Ministro, o Sr. Silas Rondeau, Ministro, além do próprio José Sérgio Gabrielli, o, já, próprio Presidente da Empresa, com, já, salários e vantagens dos respectivos cargos, em repetição reincidente de atribuições e ofícios, já, envoltos com seus Ministérios, e complexos empenhos, além das suas pastas, cujo Paradigma Salarial não ultrapassa, por vedação constitucional os cerca de R$20.000,00 (Vinte Mil Reais), tendo o Presidente da República por Teto, Luis Inácio Lula da Silva, explicarem os tais R$ R$8.266.600,00 (oito milhões, duzentos e sessenta e seis mil e seiscentos reais) ???
“Há...”, certamente, como diria Shakespeare: “...algo de Podre no Reino do Petenato (Partido dos Trabalhadores) !!!”

OBS: No Link abaixo a famosa ATA

http://www2. petrobras. com.br/ri/ port/Informacoes Acionistas/pdf/ATA_AGO_ 08abr09_port. pdf

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FZPW (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.