A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
OBAMA : “QUE TRASEIRO CHUTAR ???
Por: Antuérpio Pettersen Filho

BARACK OBAMA : “QUE TRASEIRO CHUTAR ???”

Por : Pettersen Filho

Mandatário-mor, Líder Supremo, Comandante-em-Chefe das Forças Armadas mais Poderosas do Planeta, o que era até bem pouco tempo atrás, inconcebível, o Presidente dos Estados Unidos da América do Norte, Barack Hussein Obama, referindo-se ao Acidente Ambiental, de proporções jamais vistas antes, no Golfo do México, imputando culpa negligênciosa a BP -British Petroleum, na sua busca, perante a Opinião Pública, por culpados, ao informar-se, impotente, alegando que, se o Presidente da Empresa fosse seu empregado, o demitiria, declarou-se, ademais, indeciso quanto a duvida reinante, segundo as suas próprias palavras:
“Que traseiro chutar ?”
Sem, contudo, conseguir desvencilhar-se das suas próprias culpas, Ele, Obama, na condição de Presidente da Maior Democracia do Planeta, justamente, a mais depurada, desde que Thomas Jefferson e George Washington demandaram, em 1776, a Revolução Americana, incendiando o Mundo com os anseios de “Liberdade”, a mesma Liberdade que trouxe, pela primeira vez na História, um Negro, de Origem Islâmica à Presidência Suprema dos EUA, sendo Ele próprio, o Obama, o Presidente, no entanto, parece impotente, diante dos desafios que se lhe apresentam, em contradição com as promessas de “Campanha”, de retirar os EUA do atoleiro em que se meteram, em Guantanamo, no Afeganistão, Paquistão e Iraque, enquanto assiste, inerte, Israel, seu mais tradicional aliado no Oriente Médio, impor, contra a vontade, aparente, dos EUA, assentamentos na Cisjordânia e o Bloqueio Assassino à Gaza, sem que, Ele, Obama, nada possa fazer para mudar o curso dos acontecimentos.
Pego de calças arriadas, justamente quando o Estado da Califórnia se preparava para lançar uma Legislação Permissiva de prospecção de petróleo em águas profundas, tal qual no Golfo do México, a revelia da Agência Ambiental Americana, apenas revista pelo Governador Swazneger diante do incontroverso desastre, ao mesmo passo que assiste, impotente, estados como o do Arizona apresentar uma Legislação Xenófoba quanto aos Imigrantes Mexicanos, passiveis de sujeição a crime e prisão em flagrante, bem ao contrario das suas promessas de distensão política, Obama, de uma espécie de “Herói Popular”, do Tipo “Coca-cola Diet”, adepto a Pop Music e ao Funk, ovacionado pelo Povo, ao iniciar seu Mandato, ao revés dos seus predecessores, do tipo George Walker Bush e Ronald Reagan, mais próximos do “Anti-heroi”, Cowboy Americano, a peregrinar pelo Velho Oeste, e Pradarias Asiáticas, a distribuir um tipo egocêntrico, e particular, de “Justiça”, parece, ademais, titubear, diante dos desafios que se lhe apresentam, na árdua tarefa de impor ao Mundo a, já, caquética, Hegemonia Americana?
Fosse em tempos da Guerra Fria, do Bloqueio a Cuba ou da Guerra da Coreia, em que do Presidente dos Estados Unidos, contemporâneo a Stalim ou Nikita era de se esperar a “Voz de Comando”, em que era possível, através de uma simples “Ordem”, acionar todos os arsenais atômicos do Planeta, a atual indecisão de Obama poderia ser olhada, perante os inimigos, como evidente sinal de fraqueza.
Mas, não!
Assim, enquanto Obama, sem se olhar nos espelho, procura os “Culpados” que aflijam seu Mandato, mais preocupado em satisfazer a Opinião Pública Americana, do que levar os eventuais transgressores ao Cadafalso do Capitalismo, e das suas Regras de Risco, mesmo que diante de uma fatalidade, inexorável, como o Acidente no Golfo, há, contudo, os que se indagam, diante da fragilidade aparente de Obama, ao vislumbrem que, ao invés de procurar um “Traseiro para chutar”, como o faz Obama, pior ainda do que “Chutar todos os traseiros do Mundo”, como também o faz, parece-nos, ademais, ainda pior, a nítida sensação, que fica, no episódio, após intensa “Caça às Bruxas”, de que Obama não conseguirá, de fato, “Chutar traseiro algum”.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: OJKc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.