A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

ALESSANDRA LELES ROCHA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
As dores escondidas pela explosão dos sorrisos
Por: ALESSANDRA LELES ROCHA




Com certeza essa é a grande verdade por detrás da Copa do Mundo de Futebol 2010: dores agudas e crônicas escondidas pela explosão dos sorrisos de um povo.
África, conhecida no contexto histórico, geopolítico e sociológico como o “Continente Esquecido” 1, arrasta pelos séculos as correntes da indiferença, da intolerância, dos conflitos tribais, étnicos e religiosos, da fome, da miséria, das epidemias, no âmbito de uma política global distorcida; a qual, não consegue reverter à altivez superiora e mandatária das lideranças mais fortes do planeta.
Sob a alegação de “voltar os olhos do mundo para o continente africano”, pela primeira vez o mais importante torneio de futebol acontecerá lá, tendo como país sede a África do Sul2. Berço do Apartheid3, o mais violento movimento de segregação étnico-social entre brancos e negros no mundo, e motivo da luta extremada de Nelson Mandela4, a África do Sul ainda abafa suas mazelas ao som das vuvuzelas5. O fim da intolerância racial não lhes devolveu de fato a dignidade cidadã proveniente da mitigação ou extinção de tantas outras desigualdades: o país é recordista em doentes e portadores do vírus da AIDS no globo; enfermidades como a Malária e a Tuberculose também matam indiscriminadamente; em pesquisa da Organização das Nações Unidas (1998-2000) o país foi classificado em segundo lugar em assassinatos e em primeiro para assaltos e estupros per capita; a população não é em sua totalidade servida de infraestrutura básica de saneamento; os altos índices de desemprego marcam a busca desesperada por subempregos; nem todos tem acesso ao ensino básico e o analfabetismo ainda se expressa com evidência...6 enfim, os eternos diamantes parecem eternizar também os rastros de desesperança e exclusão dessa gente que tem no ato de sorrir sua tábua de salvação.
Os Bafana Bafana7estão ansiosos pelo girar da pequena esfera; talvez, por acreditarem que os deuses de sua crença farão com que ela consiga mover o centro da Terra e rodar o planeta e toda a sua humanidade sob um novo eixo de consciência, de liberdade, de igualdade e de fraternidade. Que muito além dessas quirelas de alegria aspergidas pelas delegações do mundo ali presentes, possam sair das habilidades diplomáticas das nações novas pautas de relações internacionais com a África, que se preocupem em resguardar a soberania dos estados africanos sem, contudo, permitir que princípios socioculturais dos tempos regidos pela ótica tribal impeçam sua gente de viver à luz da globalização e dos Direitos Humanos. Se a energia nuclear é motivo de furor e aprovação de sérias sanções aos que a desenvolvem para fins não pacíficos8; por que os saques aos caminhões de ajuda humanitária9, os sequestros realizados por piratas na costa da Somália10, e tantos outros desafios genocidas frequentes ocorridos em solo africano podem permanecer passivos ao silêncio do mundo?
Tanto tempo para organizar a festa e por que não aproveitar o ensejo para sentarem-se a mesa de negociações e emancipar o continente africano dessa postura de tutela por parte das lideranças mundiais, e elevá-lo ao grau de autonomia para discutir, negociar e resolver seus próprios problemas; conscientes de que esses não estão presos ou restritos apenas aos limites de suas fronteiras, mas fazem parte do equilíbrio e do desenvolvimento globalizado que move as políticas, as economias, à segurança, a saúde do planeta Terra.

_______________________________

1 http://www.rnw.nl/portugues/article/%C3%A1frica-o-continente-esquecido-pelos-pa%C3%ADses-ricos; http://pt.shvoong.com/books/489610-africa-um-continente-esquecido/

2 http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81frica_do_Sul

3 http://www.suapesquisa.com/o_que_e/apartheid.htm; http://pt.wikipedia.org/wiki/Apartheid

4 http://educacao.uol.com.br/biografias/ult1789u722.jhtm

5 http://pt.wikipedia.org/wiki/Vuvuzela

6 http://www.panapress.com/freenewspor.asp?code=por026592&dte=15/11/2005; http://www.sistemas.aids.gov.br/imprensa/Noticias.asp?NOTCod=55718; http://noticias.ambientebrasil.com.br/clipping/2004/08/27/15843-segundo-oms-falta-saneamento-basico-para-40-da-populacao.html; http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81frica_do_Sul

7 Bafana Bafana é o nome carinhoso que se dá a seleção de futebol sul-africana e quer dizer "Moleques e Moleques” (http://bafanaciencia.blog.br/artigos/laduma).

8 http://www1.folha.uol.com.br/mundo/747638-conselho-da-onu-define-lista-negra-e-vota-sancoes-ao-ira-nesta-quarta-feira.shtml

9 http://www.ajudahumanitaria.org.br/index.php?option=com_content&task=blogsection&id=13&Itemid=50

10 http://veja.abril.com.br/educacao/piratas-somalia/piratas-somalia.html

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZIRH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.