A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
G-20 ; FARINHA POUCA, MEU PIRÃO PRIMEIRO...
Por: Antuérpio Pettersen Filho

CÚPULA G-20 ; “FARINHA POUCA, MEU PIRÃO PRIMEIRO...”

Por : Pettersen Filho


É dizer Antigo, refletindo a Política do “Salve-se quem puder”, que impera no Mundo de hoje, das Economias Globalizadas e da Crise Econômica Mundial: “Farinha pouca, meu Pirão primeiro”.
Essa, entre linhas, parece ter sido a tônica da Reunião de Cúpula do G-20, pomposamente chamada Reunião de Seoul, na Coréia, ou “G-20 Summit”, formulada, às pressas, pela “Vinte Nações” mais desenvolvidas do Planeta, Brasil dentre elas, a fim de deter a “Não-declarada” Guerra Cambial, ou, como queiram, Política de Desvalorização do Yuan, da China, e do Dollar, Americano.
Lembrando, em muito, a Antiga Guerra Fria, em que se confrontavam, por razões Ideológicas “Pragmáticas”, a Velha URSS – União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, e o Famigerado Capitalismo Norte-americano, abonados por seus Mísseis Atômicos, e Poderosos Exércitos, capazes, mesmo, de destruírem, por varias vezes, o Mundo, dessa feita, aparentemente, em trincheiras opostas, parecem defrontarem-se, cada um munido de seus Bancos Centrais, a China, ironicamente, “Comunista”, com seus cerca de Um Trilhão e Meio de Dollares, em Reservas, de Títulos da Divida Pública Americana, da qual o próprio Brasil detêm outros cerca de Trezentos Bilhões, a financiar o Déficit Fiscal Americano, e de outro lado, repletos de “Munição Nova”, os Estados Unidos, e seus cerca de Novecentos Bilhões de Dollares, recém impressos, Sem Lastro, ou sem um Por Quê, mais rigoroso, a não ser o seu firme propósito de “Inundar” o Mercado Mundial com sua Moeda, depreciada, e Produtos, exportáveis.
Enfrentando pesada artilharia da China, que acusa os EUA de Irresponsabilidade, na Condução “Frouxa” da sua Política Financeira, e Desequilíbrio Fiscal, Barack Obama, Comandante em Chefe da Poderosa Frota Americana, virou suas “Baterias” para o Gigantesco Dragão Asiático, a China, em constantes bombardeios, alegando que a atual Guerra Fiscal se deve a “Baixa” Cotação, artificial, do Yuan Chinês, quem estaria causando toda a distorção nas Relações de Trocas Internacional.
Lembrando outra frase famosa: “Na guerra a Verdade é sempre a primeira das Vitimas”, então, nada melhor do que outro Ditado Antigo, que reflete bem a razão da contenda: “Em casa que falta pão, o Pai Chora, a Mãe chora, o Filho chora, e todos tem razão.”
Ou, então, por que não reportarmos, novamente, aquela expressão cunhada no preparo da boa e velha Moqueca Capixaba, também Antiga, diante da inevitável “Onda de Protecionismo” que deverá seguir-se, após o evidente Fracasso de “Acordo” no G-20 Summit, que, provavelmente será desencadeada, com crescentes Barriras Fiscais, Subsídios, Sobretaxas e Restrições Biosanitárias, todas Unilaterais, nas Trocas e Comércio Internacional:
“Se a Farinha é pouca, então, eu faço o meu Pirão primeiro”
Ou, quiça, outra Expressão, bem “Litorânea”, que reporta a situação do Brasil, e outros paises menores, na “Contenda” da China x EUA:
“Na Briga do Rochedo com o Mar, quem sofre é o Marisco”
É, enfim, o que ocorrerá...
Pagaremos todos nós, como bons “Mariscos”, essa perversa “Conta ?”.

Crônica originalmente postada em www.paralerepensar.com.br

Jornal Grito Cidadão

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: TDgM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.