A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Jornalismo
 
Majestosa vida
Por: Marlene Nascimento

Tudo na vida é ilusão, mas a ilusão é o princípio de tudo. Não chegamos à tecnologia sem as invenções e descobertas dos nossos ancestrais. Os homens das cavernas descobriram que podiam riscar formas em paredes. Não sabiam eles que àquelas formas, num futuro bem distante, dar-se-ia o nome de desenhos rupestres. Sem o saber, completamente destituídos de soberba, eles nos presentearam com um legado inestimável.
Houve sim um tempo que o homem era destituído de arrogância. Mas esse homem evoluiu. Muito. E esse muito ensoberbeceu sobremodo o seu ego, enfeitando-o de majestosas vaidades.
Dias atrás eu conversava com uma mulher que está cursando faculdade de enfermagem aos 50 anos. Que louvável! Estudar é façanha para todas as idades, contudo, ela sobrecarrega em arrogância dizendo que vai provar para alguém, para mais não sei quem e pra não sei quem mais, quem é ela.
Ora, porque devemos provar algo a alguém que não seja para nós mesmos? Por que fazermos de sonhos realizados, de conquistas conseguidas a ferro e fogo, vingança contra alguém? Julgo que seja mais bonito, digno, sagrado até, batalharmos por nossos planos e sonhos almejando êxito e satisfação para mantermos acesa a nossa chama interior.
Sim, no nosso árduo caminho encontramos pessoas que duvidam da nossa capacidade de realização, pessoas que arrogantemente nos humilham, postando-se na vida como donas absolutas da verdade. Em verdade, elas ignoram que palavras duras e cruéis a nós dirigidas conectam a força motriz que nos impulsiona à frente.
Pondero que devemos galgar degraus por nós mesmos, por nossa garra, por nosso sangue e não para quando alcançarmos a linha de chegada tripudiarmos sobre quem não creu que conseguiríamos.
Destarte, ao contrário de nos dar bons frutos, agindo arrogantemente a vitória alcançada será sustentada por ignorância ególatra.
Precisamos, antes de qualquer coisa, provar para nós mesmos que somos capazes, que somos feitos de persistência, de arrojo, que somos verdadeiros mouros na arte de enriquecer o nosso desempenho existencial.
Humildade não é só uma palavra singela. Humildade é sabedoria do espírito. Humildade é o guia para não sobrecarregarmos o nosso coração com tolas vaidades. Certamente que um tiquinho de realeza não há de nos fazer mal, afinal somos propensos a querer brilhar de alguma forma, mas arrogância exacerbada é sandice do ego.



 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: JZIB (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.