A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Coronavirus
 
Covid-19: lorota científica?
Por: Marlene Nascimento

Quando do surgimento do vírus HIV, puseram a culpa nos gays. Agora, com o novo coronavírus puseram a culpa nos idosos. De verdade, quanto à Covid-19, o problema com os mais de 60 anos acontece por eles apresentarem doenças crônicas que lhes diminuem a imunidade, ou seja, vulneráveis, pegam a doença mais facilmente e a transmitem. E quanto mais velho, mais frágil e mais doenças.

Vale a pena repetir sempre que a doença não tem cura e nem tratamento especifico. Ninguém sabe quem está infectado e nem quem está infectando quem. Quando autoridades iniciaram o programa de conscientização nacional de isolamento social no Brasil, milhares de pessoas já estavam infectadas.

Há anos a comunidade científica estava desesperada tentando descobrir uma vacina universal, um medicamento, que neutralizasse a ação de um novo corona vírus, tão letal que nenhum país ficaria incólume. Cientistas sabiam da da erupção de uma pandemia gripal letal e que ela estava prestes a acontecer, porque os vírus gripais sofrem mutações preocupantes. E sabem qual o maior desafio que enfrentaram? A descrença de líderes governamentais e a corrupção desenfreada de pessoas oportunistas.

Cientistas de peso tinham que rastejar atrás de verba do governo para implementar programas de pesquisas à nível mundial, tinham que praticamente esmolar por ajuda. Encontraram muitas portas fechadas. Mas eles insistiam, porque o tempo era pouco, porque sabiam que a pandemia inimaginável que está acontecendo agora poderia acontecer a qualquer momento e poderia varrer milhões de pessoas do planeta sem a descoberta de uma cura.

Lorota científica? Não. Sabemos que antigas civilizações desapareceram da face da terra deixando apenas pedras como testemunhas. O que aconteceu? Não é difícil de encontrar respostas.



 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: eIRR (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.