A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
BOMBA EM BRASÍLIA: “MINISTRO FACHIM RETIRA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO PARANÁ NO CASO LULA...”
Por: Antuérpio Pettersen Filho

BOMBA EM BRASÍLIA: “MINISTRO FACHIM RETIRA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO PARANÁ NO CASO LULA...”
Por : Pettersen Filho
Decisão comparável a de que o Brasil não teria sido descoberto por Cabral ou colonizado por Portugal, há cerca de quinhentos anos atrás, desconhecendo o Grito do Ipiranga por Pedro I e o Suicídio de Vargas, Decisão do Ministro Edson Fachim, anulando as condenações do Ex-presidente Lula, pelos casos do Triplex do Guarujá e do Sitio de Atibaia, hoje em Brasília, na sede do STF, da mesma forma, desconhecendo o Mensalão e o Petrolão, que causaram a maior sangria nos cofres públicos na História do Brasil quiça, do Mundo, determinará, no mínimo, a reedição e reescritura de todos os Códigos Tupiniquins, seja Penal ou de Processo Penal brasileiros.

Medida que devolve, em tese, o Direito Político de Lula, talvez visando a derrota do próprio Bolsonarismo em 2022, ansiada e pleiteada pela Defesa do Homo Inácius Lula, desde os primórdios do processo, como é comum nesses casos, mas nunca assimilada, ou levada a sério pela Justiça, o que significa jogar por terra a credibilidade de todo o Aparato da Lava Jato, sua constitucionalidade, milhares de horas, e milhões de custas, despesas públicas e prejuízo causados, na verdade, Fachim assim o decidiu no âmbito de Habeas Corpus proposto pela Defesa do Ex-presidente, pela enésima vez.

Decisão que significa a própria exumação do PT – Partido dos Trabalhadores, e a retirada da vida política de Lula das profundezas da catacumba em que se encontrava, por mais que aparentemente técnica, lança uma Bomba na atual vida política brasileira, e, certamente, levará a todo um realinhamento em Brasília.

É, enfim, exaltando a corrupção, renegar a própria Justiça, muitos anos atrás, a renacionalização de recursos, repatriados pela Lava Jato, os desvios perpetrados pelo Sapo Barbudo, e negar tantas e tantas delações premiadas que vimos, ao vivo e a cores.

Então, que venham os Ingleses, e nos colonizem, não os Portugueses, e edificaremos uma nova Nação, como nos videogames, onde a vida pode ser resetada, ao contrário do Mundo Real em que, certamente, não vive Fachim:

Mera brincadeira do Supremo!
Saiba mais em www.abdic.org.br

Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadão”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: LSMI (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.