A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
O CABO ELEITORAL DE SERRA
Por: Antuérpio Pettersen Filho

ENCHENTES : “ O CABO ELEITORAL DE JOSÉ SERRA ”

Por : Pettersen Filho

Colhido, como um Noé , da versão bíblica da Arca , de surpresa, sem que o próprio Deus , antes, lhe-o avisasse, as recém enchentes em São Paulo , Capital, jogam um balde, alias, vários milhões de baldes de água fria na pretensão de Jose Serra , em alcançar, diante de águas calmas de Almirante, o passadiço da Presidência da República.
Muito embora seja efeito sazonal, isolado e característico, dos meses de Verão , entre Dezembro e Março, no entanto, tal foi o volume de chuvas que se precipitaram sobre a Grande São Paulo, Cidade Vitrine do Brasil, no quesito Presidência da República, em Janeiro, que, fatalmente, tal fenômeno, “ nunca dantes visto na História desse Pais ”, em volume e catástrofes, vitimando quase meia centena de pessoas, que, dificilmente, deixara de alagar a Campanha do Ex-prefeito da Cidade, o Tucano Bicudo , José Serra Simpson à Presidência, em 2010.
Para delírio e devaneio da Candidata Oficial do Petenato Lulista, Dilma Roussef , entretanto, o mesmo Deus que leva, há Séculos , seca e aridez ao Nordeste brasileiro, transformando-o em Curral Eleitoral cativo de que ora se vale o Petismo , é também o mesmo Deus que precipitou a migração da Família Inácio para a Grande São Paulo , enquanto, muito provavelmente, comia calango pelo caminho, no dorso de um Pau de Arara, porquanto, como um Profeta , parece já haver decidido em quem votar, entronando, aparentemente, a Candidata Lulo Petista , em meio à tragédia paulistana, reduto eleitoral de José Serra , ora, boiando como uma grande pelota de merda em meio ao esgoto, por sobre as calçadas.
Contudo, sendo as Eleições Presidenciais como nuvens etéreas no Céu, como bem, já, dizia o Político Mineiro , ao se referir ao fenômeno:“ Política é como Nuvens no Céu, você olha uma vez, estão de um jeito, olha depois, estão de outro ”, tudo indica que muita água ainda há de rolar, entupindo os bueiros e trincheiras da alagada São Paulo (São Pedro que o diga !), até que se ensope, em Novembro próximo, as Urnas Eleitorais.
Enquanto isso, Lula, o mais completo Conto do Vigário da Direita Conservadora, sobre o Povo Brasileiro, despreza, completamente, após cerca de oito anos no Poder, o seu antigo discurso Lênin Petista, jogando as favas o Proletariado, entre a concessão inescrupulosa de uma Bolsa Família, e outra, adiando para todo o sempre o velho Sonho Tupiniquim de uma inalcançável Revolução, pelo menos, que venha do próspero Vale do Anhangabaú/SP, ou da rica Praia do Canto, em Vitória/ES, ao passo que os eventuais “Combatentes” do conflito, a Classe Trabalhadora Operária Brasileira, sem o saber, troca as suas necessárias AK-47 Kalishinikov por recheados Auxílio-Desemprego, no ínterim em que os Cabos Eleitorais de José Serra, já afoitos, apressam-se em distribuir aos transeuntes generosas galochas e guarda-chuvas descartáveis, como próximos, e prováveis, “Santinhos”, no ensandecido Processo Eleitoral Brasileiro, já com vistas postas nas Eleições de Novembro.

É, enfim, como já dizia o Poeta:
“É pau, é pedra...”
É o fim do caminho !

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZYfG (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.