A casa dos grandes pensadores
 
 
 

ROSELI BUSMAIR

 

 

 

 

OS "QUEBRA-COCOS" DIÁRIOS

Ao meu redor há uma sensação de ausência prolongada...

Um desvio na conduta de pessoas que  julgo bem mais perfeitas que eu mesma e de outras, que  imagino até menos perfeitas, também.

Há uma espécie de "todos contra um"...

Em momentos, eu observo tudo :    o que fazem, como fazem, o que dizem, como o dizem e, sinceramente, nem mesmo isso, me faz desistir de aqui estar.

Outros desistem fácil...  Desestimulam-se rapidamente e saem por aí, aos trancos e barrancos e ainda falando mal,  uns dos outros.

Eu permaneço imutável, na expectativa de que tudo mude e, eu também, ao longo do tempo, possa vir a compreender melhor o Ser Humano e  ver-me como eles me vêem.

Eu me ofendo também, mas resisto a tudo, como uma rocha.

Às vezes, dou meus  gritos mudos e "armo meus barracos"...

Depois reflito. Repenso sobre as minhas  ações e as mais variadas  reações; mas jamais eu  tomo uma decisão importante com a cabeça quente.

Eu espero paciente, na continuidade dos dias que se seguem...

Analiso reações e reavalio as minhas.

Se possível, eu peço desculpas.

Quando não posso ou não devo; então me fecho e não comento mais nada à respeito.

Um dia, muitos que se foram e voltaram, já me disseram:

- Sabia que você estava certa?

Eu, bem  mansa, só respondo:

- Saiba que nem eu o sabia, também!

Roseli Busmair

Curitiba_PR_FEV_2005

Publicação: www.paralerepensar.com.br  - 24/02/2005