A casa dos grandes pensadores
 
 
 

ROSELI BUSMAIR

 

 

 

VÔO DO POETA
 
Alçar um vôo frenético
arremessado ao alto
ou caindo lá embaixo:
elevar-se outra vez
flutuando para não cair
aqui ou acolá...
Alcançar o espaço azul,
entrecortar colinas
e sobrevoar as nuvens
num rápido e decisivo vôo,
que poderá ser o único
de toda a vida...
Mesmo assim ousar
sair da rotina,
arriscar-se a ser,
uma só vez,
igual ao pássaro que voa
sem impedimento algum
e sem qualquer fronteira...
Planar mil pés acima
superando aviões
na loucura das alturas...
Enfim, sonhar
um sonho de amor
é tão fantástico
quanto assim voar:
O poeta voa...
sem sair do lugar!!
 
Roseli Busmair
(direitos reservados)
Curitiba - 2002
 
E-mail: [email protected]
 
Publicação: www.paralerepensar.com.br   31/08/2004